Coisa de Mãe

Refúgio na infância

1 Comentário

Às vezes, essa vida de adulto se torna muito difícil. Decepção, tristeza sem fim. A rotina fica muito cansativa. A falta de solidariedade, a falta de ética imperam e o nosso cotidiano parece não ter sentido. Nesses dias, costumo me refugiar na infância. Não nas lembranças da minha infância, mas na infância dos meus filhos. É um filme que assistimos, um quebra-cabeça que montamos, um pega-pega… E daí vem aquele sorriso largo com uma bolha de sabão, aquela gargalhada por causa das cócegas que provocamos ou de uma simples guerra de travesseiros. Começo a ver tudo por um outro prisma. E meu mundo vai sendo salvo por super-heróis que desconhecem seus poderes…

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

1 Comentário

  1. Somos dois, então… três, porque incluo minha esposa.

    Rolar na grama, assistir a um desenho grudadinhos na cama, brincar de voar pela sala. Quando a vida vai querendo nos endurecer, os filhos nos fazem seres mais humanos, né?

    Beijão do Caio!

Deixe uma resposta

Campos obrigatórios assinalados *.


© Copyright COISA DE MÃE - Criado pela Tante utilizando Wordpress.